Quero vender meu carro

“Você interessou em um carro que viu na TV, foi até a concessionária e ficou ainda mais apaixonado pelo veículo, percebeu que o preço e as parcelas cabem no seu bolso, mas na hora da avaliação do seu usado …”

 

Por Alberto Panetto

Por que a avaliação do seu carro ficou tão baixa?

 

Em primeiro lugar é importante saber que as concessionárias comercializam veículos. Parece óbvio, não é mesmo? Mas é exatamente por isso que as avaliações na maioria das vezes não agradam aos proprietários dos seminovos. Para que o carro não fique encalhado no pátio da empresa o mesmo precisa ser anunciado a um preço atrativo. E preço interessante é aquele que está no máximo empatado com o estipulado na tabela Fipe.

 

Bom, você entendeu mas mesmo assim não concorda em “deixar” seu companheiro de longas jornadas na concessionárias nessas condições? Quer receber mais negociando sozinho para um particular? Então siga estas dicas:

 

Dê um trato no visual do seu carro

 

Imagine se sua namorada fosse ao primeiro encontro com você sem maquiagem, cabelos bagunçados, roupas de baixa qualidade e sem tomar banho? Será que vocês estariam juntos hoje? Brincadeira à parte, o mesmo conceito se aplica ao seu carro quando você deseja vendê-lo. Os interessados devem olhar e se encantarem pelo veículo. É muito importante que ele pareça um carro bem cuidado. Isso chama a atenção do comprador.

 

Apresente os documentos

 

Você comprou o carro zero quilômetro? Fez as revisões na concessionária? Mostre ao interessado que você tem zelo pelo veículo, apresente o manual com os carimbos das revisões, mostre a chave reserva e a nota fiscal.

Você já comprou o carro usado e não há mais garantia de fábrica? Apresente o histórico do veículo, com os documentos e o nome do antigo proprietário. Apresente as notas fiscais das peças trocadas recentemente, das revisões e convença o interessado que você é cuidadoso com o carro.

Pequenos reparos

 

Troca de retrovisores quebrados, pintura de para-choque, pneus novos e higienização do estofamento podem ser os diferenciais para você conseguir vender o seu carro rapidamente e com preço mais interessante.

 

Documentos

 

Não deixe o carro com IPVA ou licenciamento vencidos. Se o interessado consultar no Detran através da placa e do chassis do veículo e descobrir que há dívidas em aberto, isso pode significar a desistência por parte do pretendente.

Revisão final

 

Se você perceber que o carro apresenta defeitos aparentes tipo barulhos de suspensão, problemas de ignição, óleo vencido, velas queimadas, ou até mesmo ar condicionado sem funcionar, talvez valha a pena investir em uma revisão para consertar ou mesmo amenizar esses problemas, que normalmente não são muito onerosos. Pense nisso, pois quando o comprador fizer o test drive o carro estará em perfeitas condições, e será um ponto positivo a seu favor.

Anuncie corretamente

 

Depois de tudo isso é hora de divulgar que o seu veículo está a venda. Acesse clicarros.com.br e coloque fotos e descrição bem completas. Fotografe seu carro de frente, fundos, nas laterais, e por dentro. Procure um local bacana, com luz natural, e não esqueça que o veículo deve estar limpo. Vale a pena pagar para que seu anúncio seja exibido para mais pessoas.

Você também pode colar um adesivo preferencialmente no vidro traseiro, informando o modelo, ano e telefone de contato. Isso dá muito resultado.

Àqueles que não usam frequentemente o carro durante a semana podem optar por deixar o carro em uma revenda, mediante a modalidade de consignação. Caso a loja venda ela recebe uma comissão previamente acordada entre vocês.

Vale a pena divulgar seu anúncio nas redes sociais. Compartilhe o mesmo na sua página pessoal e em grupos de classificados da sua região. Peça a seus amigos para compartilhar também a sua publicação. Isso potencializa suas chances de vender o veículo.

Segurança

 

Sempre que surgir um interessado marque de encontrá-lo em locais públicos com grande circulação de pessoas, tipo estacionamento de supermercados ou shoppings. No contato prévio por telefone sonde mais sobre a pessoa. Procure saber seu nome completo, onde mora, e pesquise sobre o mesmo pela internet. Nos dias de hoje precaução é fundamental.

Fechando negócio

 

Recuse pagamento em cheque e evite receber em dinheiro vivo. Prefira transações feitas diretamente entre os bancos para a sua segurança.

Após receber o valor, preencha o recibo do carro inserindo os dados do novo proprietário, assine e reconheça assinatura imediatamente. Depois, tire duas cópias, guarde uma consigo e a outra envie ao Detran de sua cidade para atestar a transferência e isenção de responsabilidade sobre futuras multas ou incômodos.

 

Espero que este post possa lhe ajudar na venda do seu carro. Boa sorte!

 

 

Fonte: Alberto Panetto.

Foto: Divulgação Volkswagen.

Redação CLICARROS

www.clicarros.com.br

 

 

lgo_peq

Esse blog é um produto da plataforma automotiva www.CLICARROS.com.br, a maior do Espírito Santo. Os estoques das maiores concessionárias e melhores revendas do Estado em um único lugar. Se você é particular, também pode anunciar grátis. 

Procurando um carro para comprar? Acesse www.clicarros.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.